Last updated by at .

Páginas
Como chegar
Canais sociais
Já ouviram falar de Dermaroller? Ou Microagulhamento? Está começando a ser conhecido no Brasil, mas nos EUA já é a maior febre! Você sabe porque? Porque ele promete melhorar muito a aparência da pele do rosto, combatendo a flacidez, as rugas e linhas de expressão, melhorando estrias, marcas e cicatrizes, dando viço, luminosidade e controlando a acne.

Microagulhamento e acne estudos comprovam resultados

Após o programa do Bem Estar da Rede Globo que falou sobre o Microagulhamento e os seus benefícios sobre as cicatrizes de acne na pele do rosto, muitas divas estão procurando sobre maiores informações e realizando avaliações no Studio Sandra Martins em Taguatinga Norte. Por ter um preço em cota, o microagulhamento torna-se uma ótima opção para você que deseja bons resultados contra cicatrizes de acne na pele.

Para convalidar os resultados nada melhor do que apresentar estudos que corroboram com tudo o que está sendo apresentado tanto na internet, quanto jornais e televisão. Confira abaixo um estudo da especialista Mirella Mirando Evangelista, mestranda em administração dos serviços da saúde, especialista em terapia manual e postural e fisioterapia dermato-funcional.

Resumo
A cicatriz atrófica da acne é uma alteração tecidual que incomoda várias pessoas que sofrem com esta alteração, causando transtornos sociais e psicológicos. Sendo assim constante a busca de tratamentos para melhorar o aspecto da atrofia. Atualmente no mercado são vários os métodos com o objetivo para a melhora da cicatriz da acne, como os químicos e abrasivos. O microagulhamento é um procedimento baseado no uso de micro agulhas, sendo um método simples e natural de regeneração da pele. Esta técnica é indicada especialmente para melhoria da flacidez de pele facial e corporal, estrias, cicatrizes atróficas (brancas) de acne, cirurgia e queimaduras. Tem a vantagem de ser um procedimento feito em cabine, custo baixo, bem tolerado, com período curto de recuperação e pouca dor. A expectativa é de melhora após um mês após a primeira sessão. Nesta técnica, a pele é perfurada superficialmente, criando múltiplos micro-canais. O objetivo é a estimulação da derme com renovação do colágeno e angiogênese, e é denominada Terapia por Indução de Colágeno.
Introdução
Mais recentemente tem sido proposta a utilização de um sistema de microagulhas aplicado à pele com o objetivo de gerar múltiplas micropunturas, longas o suficiente para atingir a derme e desencadear, com o sangramento, estímulo inflamatório que resultaria na produção de colágeno (FERNANDES, 2006). O microagulhamento recupera a pele envelhecida ao estimular a produção natural de colágeno, de maneira semelhante as técnicas de resufacing, tais como as cirurgias a laser ou técnicas de peeling, e não há praticamente nenhum efeito colateral, aumentando a espessura da pele em 8%, tornando-o a verdadeira solução antienvelhecimento da pele da próxima geração (FERNANDES, 2008).

Além disso, as micro agulhas estimula uma cicatrização natural da derme que induzem a produção natural de colágeno para maximizar as habilidades de recuperação das células da pele ao reduzir rugas, cicatrizes e pigmentação, além de melhorar a firmeza e o tom da pele (FERNANDES, 2008).

Os discos agulhados criam um dano mínimo à derme sem a remoção da epiderme saudável, o que acontece com a aplicação de outras técnicas. Pelo fato da epiderme ficar intacta, o período de cicatrização é rápido. Então mais colágeno pode ser produzido naturalmente (AUST, 2008).

As cicatrizes atróficas são depressões dérmicas mais comumente provocadas por destruição do colágeno durante doenças cutâneas de caráter inflamatório, como acne nódulo-cística ou varicela, ou após traumas, queimaduras e cirurgias. São cicatrizes de difícil tratamento, geralmente abordadas cirurgicamente. Entretanto, tratamentos menos invasivos têm sido utilizados com relativo sucesso (PARK, 2011).

Relato de Caso
Paciente do sexo feminino, 19 anos, fototipo II de Fitzpatrick, apresentava há aproximadamente dois anos cicatriz atrófica na região da face que surgiu após quadro de acne nas fases I, II, III ao longo de quatro anos. Após analise e comprovação da cicatriz atrófica a proposta de tratamento foi a utilização da técnica de microagulhamento utilizando o Derma-Q Premium Quality com micro agulhas de 2.0 milímetros.

Métodos

Antes de cada aplicação, utilizou-se anestesia tópica com lidocaína 4% em creme (Dermomax®) no local a ser tratado. Foram realizadas cinco sessões, com intervalos de 15 dias entre elas, sendo utilizados os seguintes parâmetros: o sistema de deslizamento do roller no sentido horizontal, vertical e diagonal ate alcançar o sangramento da região. Depois feito a limpeza da pele com gaze e solução fisiológica de cloreto de sódio a 0,9% de frascos de 10 ml estéril. Durante o intervalo entre as sessões, a paciente fez uso de (Renopel®) por duas vezes ao dia e fotoprotetor com FPS 50.

Resultado

Ao final das cinco sessões, a paciente evoluiu com melhora significativa das lesões, com a redução da profundidade das cicatrizes e fechamento de poros que estavam dilatados. Foi orientada a continuar o uso do (Renopel®) por um mês, além de fotoproteção.
Discussão
O microagulhamento demonstrou-se opção rápida, segura, eficaz, não invasiva e que não produz perda de volume facial para o tratamento de cicatrizes atróficas. Uma vez que o microagulhamento leva à coagulação tecidual e remodelação dérmica, o que é desejável para o tratamento de cicatrizes atróficas. O microagulhamento tem sido estudado para o tratamento de cicatrizes de acne e cicatrizes atróficas uma vez que existem poucos estudos que relaciona o microagulhamento com a cicatriz de acne. Em comparação com os outros métodos utilizados para o tratamento da cicatriz de acne como o peeling químico e laser o microagulhamento tem uma resposta positiva uma vez que a fotosensibilidade é menor e se tem maior controle no procedimento.

Conclusão
A demonstração desse caso clínico corrobora a proposta de tratamentos menos invasivos, como terapia por indução de colágeno através do microagulhamento, para dermatoses de difícil tratamento como a cicatriz de acne, com segurança e eficácia.

Referências
Aust MC. Percutaneuos Collagen Induction therapy (PCI)-an alternative treatment for scars. Wrinkles Skin Laxity. Plast Reconstr Surg. 2008;121(4):1421-9
Fernandes D, Massimo S. Combating photoaging with percutaneuos collagen induction. Clin Dermatol. 2008; 26(2): 192-9
Fernandes D. Minimally invasive percutaneous collagen induction. Oral Maxillofac Surg Clin North Am. 2006;17(1):51-63
Park GH, Rhee DY, Bak H, Chang SE, Lee MW, Choi JH, et al. Treatment of atrophic scars with fractional photothermolysis: short-term follow-up. J Dermatolog Treat. 2011;22(1):43-8.

O Dermaroller ou Microagulhamento é um método simples e natural de regeneração da pele e com iguais ou melhores resultados que o CO2 fracionado. A técnica de microagulhamento é uma terapia por indução de colágena, ela estimula a produção de colágeno, além de aumentar em 40% a absorção de ativos potencializando a ação dos mesmos.

Microagulhamento em destaque no programa Bem Estar da rede Globo

E hoje no programa Bem Estar o foco foi os benefícios do uso do Microagulhamento como uso do Dermaroller contra as cicatrizes e marcas da acne! Confira nossos o preço do nosso tratamento!

As microagulhas penetram na pele centenas de vezes, fazendo com que as células reajam a este estímulo, liberando fatores de crescimento e melhorando a estrutura da pele através da indução da neocolagênese e neoangiogênese. Assim o microagulhamento ou dermaroller promove o rejuvenescimento da pele, a neoangiogênese melhora a circulação sanguínea, aumentando o suporte nutricional e de oxigênio, o que acelera a eliminação de metabólitos e toxinas.

O resultado esperado com o tratamento de microagulhamento promove o rejuvenescimento da pele, a neoangiogênese melhora a circulação sanguínea, aumentando o suporte nutricional e de oxigênio, o que acelera a eliminação de metabólitos e toxinas. As microagulhas penetram na pele centenas de vezes, fazendo com que as células reajam a este estímulo, liberando fatores de crescimento e melhorando a estrutura da pele através da indução da neocolagênese e neoangiogênese.

Os Dermarollers, têm sido usados para tratar grandes áreas com objetivo cosmético e para aumentar a permeabilidade cutânea para administração de medicamentos. Após a perfuração transdermica, pode ocorrer uma penetração do ativo muito maior na área utilizada do que a área não tratada. Além disso, a inserção sequencial das micro agulhas requer uma menor pressão a ser exercida na pele, lesionando menos o tecido. Por isso, o microagulhamento com o udo do dermaroller são uma maneira simples de aumentar a permeabilidade da pele para administração de medicamentos, otimizando assim seus resultados.

Esse é um tratamento delicado e que não deve ser realizado em sua casa, como dizem muitas pessoas na internet! É necessário realizar esse tratamento em uma clínica e que o profissional seja habilitado para usar o dermaroller. Clique no banner abaixo e tire toda as suas dúvidas e saiba o preço do microagulhamento.

Protocolo Dermaroller autorizado: Histórico do microagulhamento e sua aprovação na ANVISA; Preparo do paciente para a aplicação do protocolo, biossegurança; Alterações estéticas que são tratadas com a técnica; Indicações e contraindicações da aplicação da técnica; Associação cosmética para o tratamento. Métodos de aplicação; Protocolos; Realização prática;

Marque uma avaliação e conheça os benefícios reais do Dermaroller contra acne no Studio Sandra Martins

Muitas clientes me perguntam quais são as diferenças entre os tratamentos de Laser X Dermarroler! Mesmo sendo terapias indicadas para os mesmos objetivos como rejuvenescimento facial, rugas estáticas, ptose, estrias, e cicatriz de acne possuem resultados e custos muito diferentes. Aqui no Studio Sandra Martins trabalhamos apenas com o Dermaroller.